Smogon e suas camadas: PU

Olá novamente, jovens. Continuando meus trabalhos nesta coluna, decidi fazer uma série de matérias que se aprofunde um pouco mais no metagame da Smogon, comunidade de pokémon competitivo que foi o foco do meu primeiro texto neste espaço.

"E como será esse aprofundamento?" você pode estar se perguntando. Bem, vamos começar, de baixo para cima, analisando cada uma das tiers do formato singles 6v6, o estilo tradicional de batalhar pokémon, que não possui competições oficiais da Nintendo mas é o principal formato adotado pela Smogon.

No fundo do poço

Com a introdução fora do caminho, vamos ao que interessa. Começando bem de baixo, o tema de hoje é a PU, a série D da Smogon. A sigla dessa divisão, ao contrário das outras, não tem um significado especial - embora Poorly ou Partially Used sejam utilizados ocasionalmente - é apenas uma brincadeira com o nível dos pokémons dessa tier e o termo americano “P.U.” que é uma forma de dizer que algo fede. A PU ainda não é uma tier oficial da Smogon, mas ganhou muita popularidade nos últimos meses, já que sendo a última divisão conta com uma grande variedade de monstros que finalmente ganham uma chance de brilhar nas batalhas.
Duas enormes ameaças

Ataque versus defesa

Kecleon, Tauros e Poliwrath são considerados as maiores ameaças do grupo, inclusive os dois primeiros estão passando pelo Suspect Test e podem ter seus dias contados. Kecleon é considerado o maior problema graças ao combo Fake Out + Sucker Punch + Drain Punch com a habilidade Protean. Tauros é incrivelmente potente e veloz com Sheer Force + Life Orb e Wrath é bastante balanceado e capaz de derrotar quase toda a tier dependendo de seu moveset, que pode ir de Choice Specs até Substitute + Focus Punch.

Defensivamente o destaque vai para Carracosta e Roselia, que combinam muito bem juntos e conseguem parar a maioria das ameças ofensivas e preencher o campo com hazards. Misdreavus também é extremamente sólido com Will-o-Wisp, capacidade de bloquear Rapid Spin e acesso a Thunderbolt que facilita a vida contra defoggers.

Não precisa de King's Rock mas é o rei da PU

Entre Knock Offs e Eviolites

O metagame dessa tier é  bastante ofensivo já que a tier sofre com uma falta de boas opções defensivas que não precisem de Eviolite para serem úteis, fazendo com que sejam detonados por Knock Off, ataque bastante comum. Hazards como Stealth Rocks e Spikes são extremamente importantes já que muitos dos pokémons ofensivos precisam da ajuda extra para fazer seu trabalho e são poucas as opções para se livrar deles, especialmente das rocks já que a maioria dos monstros que tem essa habilidade como Pelipper ou Avalugg perdem 25% de seu HP ao entrarem na batalha. Em resumo, a PU é uma tier bastante divertida. Embora estilos ofensivos com foco em acumulo de hazards sejam os mais comuns no momento junto com, equipes mais pesadas e defensivas também podem atuar bem. A divisão ainda é jovem, e por isso é muito suscetível a criatividade o que faz com que o treinador não tenha que se prender a uma estratégia e possa desenvolver a sua própria.



Compartilhar no Google Plus

Sobre Mateus Fernandes
Mateus Fernandes é membro do Pokémon Center e atua como Analista Competitivo.

    Blogger Comment

1 comments: