Construindo seu Time #002 - Escolhendo seu estilo de jogo

Na matéria passada, expliquei meu ponto de vista sobre o Pokémon Competitivo e perguntava sobre o estilo de jogo que vocês gostam / gostariam de seguir.

Hoje pretendo falar sobre os times e estratégias mais populares. Esse artigo é o último que foca em aspectos mais básicos de jogo. Os próximos vão ter conteúdo mais crítico e estratégico, como Traps e Late Sweepers. Então se você é experiente, não nos abandone! Em breve teremos artigos mais avançados.
E se você é iniciante, não nos abandone também! Qualquer dúvida que tiver, escreve pra gente. Ficaremos felizes em ajudar vocês. :)

Batom Pass

Embaixador: Smeargle
Estratégia: Dentre todos o times, o que mais odeio, pessoalmente. Eram bem famosos algumas gerações atrás (na quarta, se não me engano). É tipo de coisa que se você não estivesse preparado, iria perder de maneira rápida e dolorosa.
Esse time consiste basicamente em usar golpes que aumentam os atributos (Swords Dance, Agility, etc) e usar o Batom Pass para transferir essas mudanças até um determinado Pokémon que, naquela altura, estaria invencível.
Não acho que esse time precise de tanta criatividade na hora do combate, mas pode ser bastante letal.
Foi nessa época que criei o hábito de trazer pelo menos um Pokémon com Roar na equipe.
Pontos Fortes: Se o outro time não tiver um counter, a destruição é certa.
Não precisa de um play style muito afiado. Basicamente segue um script.
Pontos Fracos: Pode ser parado com um Roar, Taunt ou golpes de prioridade, que são bastante comuns hoje em dia. Além disso, Smogon limitou a quantidade de Batom Passers que um time pode possuir.

Weather Team

Embaixador: Politoed, Ninetales, Tyranitar e Abomasnow
Estratégia: Time extremamente comum na quinta geração. Valia-se de um Pokémon que mudava o clima da arena com sua Ability e favorecia seus companheiros. Times baseados em Rain Dance e Sunny Day são geralmente mais ofensivos, enquanto os com base em Hail e Sand Storm trazem um aspecto mais defensivo.
As estratégias incluem:
  1. Kingdra com Swift Swim: um canhão destruidor que passava por cima de quase tudo;
  2. Vaporeon com Hydratation: Toxic e Rest (<3) e skill abuse. Você usava Toxic, e depois bastava ficar usando Rest. No final do turno, todos os seus status seriam curados.
  3. Venusaur com Chlorophyll: Muita velocidade e Sunny Beams de apenas um turno. Arrebentava qualquer coisa que não fosse resistente a ele.
  4. Garchomp com Sand Veil: Junto com Bright Powder reduzia em muito a chance de ser acertado por um golpe do oponente. Para ser exato, a accuracy do golpe caia para 67,5%. Felizmente, foi banido.
Pontos Fortes: Apesar de ter seu poder de fogo diminuído, as mudanças climáticas ainda trazem benefícios bons, como o bônus de Defesa Especial para Pokémon de Pedra quando o Sandstorm está ativo.
Pontos Fracos: O metajogo em si reduziu a utilidade desse time. Colocar um Pokémon defensivo para forçar trocas do oponente e esperar o efeito climático acabar, criam ótimas aberturas para aumentar atributos ou curar o seu time.

Good Stuff

Embaixador: Qualquer coisa que tenha bons atributos
Estratégia: Muito usado em VGC, esses times não possuem um tema central. É basicamente composto de Pokémon fortes que possuem pouca interação entre si.
Pontos Fortes: Eles favorecem velocidade na resolução de combate, geralmente sendo bastante agressivos. Como não possuem uma temática, pode ser difícil achar um bom momentum para contra atacar. Sim, contra esse time é muito provável que você seja atacado sem misericórdia e incessantemente.
Pontos Fracos: Pode sofrer um pouco contra times que jogam na retranca / defensiva ou que estendam a duração do combate.

Stall Team

Embaixador: Blissey
Estratégia: Um time que acaba com amizades, com relacionamentos e com a paciência de qualquer um. Considerado por alguns como um time para quem não sabe jogar e por outros um time para quem sabe jogar muito, o stall divide opiniões.
Seu jogo é totalmente travado e foca em dano indireto com Spikes, Toxic, Toxic Spikes, Superfang em Pokémon altamente defensivos, como Skarmoy, Blissey, Chansey. Espere longas batalhas contra eles.
Pontos Fortes: Geralmente é um time conciso e bem ajustado. É difícil achar uma abertura para colocar os seus pesos pesados em campo. Além disso, esse time mexe muito com o psicológico do adversário. É preciso ter paciência e planejar cada movimento.
Pontos Fracos: Depende muito de mobilidade e se sua capacidade de fazer switches in e out for prejudicada, vai sofrer bastante. Caso peguem um oponente com alguma capacidade de fazer predict ou um time com traps, podem ser surpreendidos.

Monotype

Embaixador: o Pokémon mais querido do seu coração
Estratégia: Talvez um dos times com menor potencial competitivo e com maior fator sorte dentre os listados. Consiste em fazer um grupo no qual todos os seis integrantes tenham um tipo em comum. Frequentemente, são misturados com time de Weather.
Pontos Fortes: Combinando Pokémon de tipos diferentes, é possível surpreender os oponentes e anular suas fraquezas mais comuns.
Pontos Fracos: Por mais que a combinação de Pokémon seja variada, sempre vai existir uma fraqueza em comum a grande parte do time.

Esses são os estilos que vejo com mais frequência. Se você lembrar mais de alguma coisa, comenta aqui em baixo e contem para gente que tipo de time vocês gostam de usar e contra qual vocês mais odeiam jogar!
Compartilhar no Google Plus

Sobre Lucian Silva
Lucian Silva é membro do Pokémon Center e atua como Analista Competitivo.

    Comentários

0 comments:

Postar um comentário